sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

A distância apagou... - poeminha

Olho para o passado
Que ficou no tempo...
Ontem... já tão distante...
Olho as cinzas das horas
E entre elas... vejo-te...
E também as cinzas
Da paixão e do amor
Que sentir por ti
E que, cruelmente,
A distância apagou...

Nádia Santos
10/01/14

5 comentários:

  1. O que dizer do passado, ele destrói as lembranças, mas não o sentimento e quanto maior ele for, mais parece estar presente mesmo num passado distante!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Amiga
    Apaga o passado... deixa entrar o presente... vive a vida sê feliz...Amei este poema...que dizer mais?? Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Olá Nádia!
    A distância tende a ser cruel.
    Mas as vezes o passado deve ficar no passado mesmo...
    Lindo seu poema.

    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir

Sua visita é sempre bem vinda e seu comentário muito importante para mim. Um beijo no seu coração!

Quem sou eu... mas só um pouquinho.