quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Defeito


Vim com defeito de fabricação:
sempre acredito que o sentimento
que recebo é sincero, igual ao meu.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Teus olhos


Sou fascinada  pelo vermelho paixão...
Mas é no negro dos teus olhos, e no
brilho que neles há, lembrando-me a
noite, a lua e as estrelas, que eu quero
mergulhar e viajar...

Nádia Santos

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Tentação

Quero loucamente me perder,
nesse corpo que é tentação,
e nele ardentemente viver,
as delícias dessa paixão!

Nádia Santos

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Feliz comigo

Não quero ser a outra metade de ninguém, 
pois demorei muito pra me sentir completa 
e feliz comigo mesma. Quero alguém que 
como eu, unia-se a mim para juntos 
transbordarmos e não nos sentirmos 
carentes sem o outro.

Nádia Santos

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Saudade... saudade...

E todas as manhãs agora,
recordo a saudade com saudade,
esse sentimento que me devora,
mas repleto de felicidade.

Nádia Santos

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Quero...

Quero tanto te encontrar,
para alegrar o meu viver,
o teu corpo desbravar,
e nele louca me perder.

Nádia Santos

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Lugar mágico


É teu abraço um lugar
Mágico e perfeito...
É nele que quero estar
Bem aninhada no teu peito;
Conjugando o verbo amar
Sentindo meu desejo despertar
E te entregar de qualquer jeito...

Nádia Santos
02/10/15

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

São desejos...


Vesti-me com a luz da lua,
desejando contigo sonhar,
para completamente nua,
meu corpo ardente te entregar.
* * * * * *
Meu corpo vou te oferecer,
e com ele todos meus desejos,
no teu vou a chama acender,
quando depositar os meus beijos.

Nádia Santos

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Tesão


No meu corpo com desenvoltura
Imagino as tuas mãos passeando
Vai mexendo com minha estrutura
E fantasias loucas vão acordando
* * * * *

Os teus dedos me excitando
É para minha tristeza a cura
Minha pele vai se arrepiando
E viajo de vez nessa loucura...

Nádia Santos

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

É pique...é pique... é hora... é hora...é hora!!!!

Vamos comer bolo???!!!!

Hoje eu sou só felicidade!!!
Mais uma primavera...
Mais um ano de vida!!!
Sou toda gratidão ao Criador.
Beijos meus amores e obrigada pelo carinho.

Nádia Santos

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Desejo

Meu coração calmamente,
continua a tua espera,
mas o corpo ardentemente,
de desejo se desespera.

Nádia Santos

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Teu abraço

Quando o céu escurece,
com o sol indo dormir,
algo em mim acontece,
e quero teu abraço sentir.

Nádia Santos

domingo, 13 de setembro de 2015

Simplicidade


O amor é simples... as pessoas é que complicam.
É dá o que você tem sem esperar nada em troca, é
você permitir ser você mesmo, deixar fluir o que 
você é na sua essência mais pura... É apenas deixar
que o outro também seja ele, sem cobranças,
sem exigências, sem imposições.
Resumindo: Dou naturalmente o que tenho e
aceito sem questionar o que me dão. 

Nádia Santos

sexta-feira, 24 de julho de 2015

O calor do sol




Recebo o calor do sol
que hoje veio a tudo iluminar
aquecendo-me corpo e alma 
convidando meu coração a amar
e permitindo a cada um dos meus 
sonhos criarem asas e voar.

Nádia Santos
24/07/15

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Era uma vez...

Já fiz isso, mas porque descobri 
que não era amor, era carência. 
E era sim falta de amor...
Mas falta de amor por mim.
E assim vamos aprendendo.

terça-feira, 14 de julho de 2015

Adélia Prado

"De vez em quando, 
Deus me tira a poesia.
Olho pedra, vejo pedra mesmo..."
* * *
- E assim se resume meu
relacionamento atual
com a poesia...
Bjus

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Incerteza

Quando sobre o amor
pairam a incerteza
e a dúvida, o coração
coitadinho, fica sufocado,
acuado e assustado com
os fantasmas que o cercam...

Nádia Santos
* * * * *
*Peço desculpas aos amigos pela
ausência, mas sou daquelas pessoas
que respeitam as vontades do corpo
e no momento não sinto vontade de
está nesse mundo virtual.... é fase.
Espero que passe logo.
Doces beijos pra vocês.


domingo, 7 de junho de 2015

Nunca se arrependa


Nunca se arrependa de dá amor
pois se ele foi puro, sincero e
desinteressado, Deus fára com
que esse amor retorne para você
de várias formas.

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Não é amor...

Não é mor...claro que não!
Amor verdadeiro não faz sofrer,
não desdenha nem promete em vão,
trás sim alegria ao nosso viver!

Nádia Santos


quinta-feira, 4 de junho de 2015

Saudade...

Saudade de ter a voz
de alguém habitando 
nos meus ouvidos, 
recordando palavras 
bobas e até sem 
sentido...

Nádia

terça-feira, 2 de junho de 2015

Será tarde...


Quantas vezes nessa vida amamos 
e não fomos correspondidos...
Ou descobrimos que alguém 
nos ama mas não conseguimos 
sentir por este alguém o mesmo
sentimento... E não há porque
se sentir culpado ou sentir raiva.
Cada um dá o que tem, não é 
mesmo! Mas se fazes pouco
do meu amor, do meu querer
não ficarei triste contigo... não.
Quem deve ficar triste é você,
porque não sabe o que perdeu.
E se chegar a descobrir será tarde,
pois o amor será reciclado e ficará
a espera de quem dê valor.

Nádia Santos

domingo, 31 de maio de 2015

Quero

Quero ser teu rio de prazer,
quero que mergulhe profundo,
quero que esqueça do mundo,
saciando tua sede de querer.

Nádia Santos

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Meus abraços

Que sejam os meus braços,
o porto que te dará segurança,
e que o calor dos meus abraços,
renovem em ti a esperança.

Nádia Santos

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Não espere...

Não espere, meu amor,
que te ame pouco...
Eu ainda não aprendi
a economizar sentimento.

Nádia Santos

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Doce


Teu nome é tão doce...
É a ambrosia preferida
do meu coração...
Desperta-me o desejo
inflama em mim a paixão!

Nádia Santos

domingo, 24 de maio de 2015

Céu vermelho


Sol que brilha no céu avermelhado,
que meus olhos amam ver se pôr,
acalenta meu coração apaixonado,
enquanto espero vir o meu amor...

Nádia Santos

sábado, 23 de maio de 2015

Apaixonadamente

Se o mar pacientemente,
espera todos os dias a lua,
aqui estarei apaixonadamente,
esperando para ser toda tua.

Nádia Santos

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Procurando as palavras

Escondidas no silêncio
Que se faz em mim
Procuro as palavras
E não as encontro...
Impedida de ser criada
Fica a poesia no ar...
Os versos perdidos...
A inspiração ausente
E o poeta...triste...

Nádia Santos

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Na escuridão

As vezes, no escuro da madrugada
Perco-me na escuridão que se faz em mim...
E fico meu amor desesperada,
tateando a cama, à procura de ti...

Nádia Santos

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Pela manhã

Pela manhã ao despertar,
já me envolve esse sentimento,
e com tua imagem em meu olhar,
só tenho a ti em meu pensamento.

Nádia Santos

Teu corpo no meu


Quando teu corpo encostar no meu,
tudo em mim será enfim teu,
e no silêncio emocionada,
serão teus, corpo e alma apaixonada.

Nádia Santos

domingo, 3 de maio de 2015

Quem sabe amanhã...

Não foi ontem... nem foi hoje...
Mas quem sabe amanhã, em uma
dessas esquinas da vida a gente
se esbarre... querido amor.

Nádia Santos

Eu e ele...

E assim foi meu dia ontem...
Olhando a beleza dele... 
Sentindo o cheiro dele... 
Namorando ele..
Ele que me fortalece e
Que me inspira...
Ele.. o mar que amo!

Nádia Santos

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Se eu morrer de repente...

Se acaso eu morrer assim, de repente,
De sufocamento ou do coração...
será por ter explodido no meu peito 
tanto amor, tanta paixão...

Nádia Santos

terça-feira, 28 de abril de 2015

Desejos de nós

Na distância que separa,
o desejo de nós dois,
essa vontade que nos devora,
reservamos para depois...

Nádia Santos

domingo, 26 de abril de 2015

A lua e o mar

Link da imagem aqui

Quando chega a noitinha,
até a lua beija o mar,
só eu aqui, sozinha,
não posso te beijar...

Nádia Santos




sábado, 25 de abril de 2015

Com ardor

Toda vez que vejo a lua,
fecho os olhos meu amor,
imagino-me com ardor,
nos teu braços sendo tua.

Nádia Santos

terça-feira, 21 de abril de 2015

Sons da noite

Com os sons que acompanham
a noite e a lua, eu e minha alma
em sintonia e numa perfeita  e
harmoniosa interação, nos
embriagamos com os acordes
noturnos, que nos acalma...
Trazendo paz ao meu coração.

Nádia Santos
20/04/15

sábado, 18 de abril de 2015

Arrumando a gaveta


Hoje fiz uma faxina na minha gaveta de sonhos. Haviam tantos...  alguns que eu nem lembrava mais:
Alguns já velhinhos, mas continuavam firmes, como a me dizer "tudo é possível"... De outros comecei a sorrir de tão bobos que eram e até me perguntei como pude sonhar algo assim... mas eram outros tempos. Haviam alguns tristes, eram sonhos que abandonei, por saber que não seriam realizados. Eles me olhavam com um jeitinho doce, como se pedisse uma oportunidade mas resolvi deixá-los, no fundo da gaveta... Afinal eu acredito em milagres. Mas encontrei alguns sonhos mortos... tadinhos.... Esses carinhosamente acarinhei e joguei ao ventos... Também deixei ir os sonhos passageiros, todos batendo as asinhas, de um lado para o outro da gaveta, como passarinho engaiolado pedindo liberdade... e eu os deixei ir, pois já não fazia mais sentido mantê-los. Divertidos são os sonhos fantasias... ousados, atrevidos, ardentes, intensos e que são tantos! Junto com meus sonhos de amor, deixam a gaveta iluminada, em festa e meu coração feliz. São eles que dão cor aos meus dias, que me alegram quando a tristeza quer se aproximar. E assim, organizei um pouco minha preciosa gaveta, que sempre terá espaço reservado para novos sonhos que certamente irão nascer, porque sonhar... é preciso!

Nádia Santos

Menina

Essa foto denuncia meu lado
menina que ainda tenho viva
dentro de mim... Um contraste
com a mulher intensa, ousada
e inquieta. Coisa da vida...
vai entender.

Nádia Santos

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Silenciosamente

Amo a natureza!
Gosto de conversar com a lua,
Com as estrelas,
Com a chuva e com o mar...
Eles me entendem e suportam
Minhas mudanças de humor,
Minhas loucuras...
E não me recriminam,
Quando choro, silenciosamente...
Com vontade de te ter,
Te abraçar, te beijar ardentemente...

Nádia Santos
06/04/15

domingo, 12 de abril de 2015

Passion of my life


Não sei o que a vida tem para mim...
Apenas desejo que coisas boas e
momentos mágicos aconteçam...
E que num deles eu possa estar
sentindo teu beijo, teu abraço,
teus carinhos, teu amor, teu desejo...
Love me... passion of my life!

Nádia Santos

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Somos lindos!


Todos somos lindos, temos encanto e beleza física
e de personalidade. Basta apenas existir sentimento,
paciência e boa vontade pelo outro que certamente,
com um olhar mais atento, enxergaremos.
Mas é imprescindível, que antes de qualquer 
pessoa, você mesma possa enxergar essa beleza. 
Amando-se, antes de qualquer outro.

*A propósito... hoje estou mais linda que ontem (rsrsr)

Nádia Santos

terça-feira, 7 de abril de 2015

Procurando a luz



E assim, lentamente, o sol
Vai partindo para seu descanso, 
Deixando-nos o crepúsculo. 
Leva a luz, trazendo a noite. 
E as suas sombras, deixa-me...
E mais uma vez,
Na companhia da solidão...
Mas não dou a ela a minha atenção...
Pois estou ocupada,
Procurando a luz do teu olhar...

Nádia Santos
06/04/15





sábado, 4 de abril de 2015

Difícil...

Gosto de escrever sobre o amor, o desejo...
aquele sentimento que queima gostoso
mas não dói na gente... Se não o vivencio, 
fica tão difícil escrever...
Nádia Santos

segunda-feira, 30 de março de 2015

Como o mar

Tudo em mim é como o mar... 
Imenso, profundo e cheio de mistério.
E aviso... cuidado com minha calma...
Também como o mar, nem sempre sou assim.

Nádia Santos

domingo, 29 de março de 2015

Fantasmas

As vezes dizemos que vamos enterrar de vez
os fantasmas do passado que ficam a nos
assombrar... Mas muitas vezes somos nós
mesmos quem os invocamos. Vai entender.

Nádia Santos

Quem sou eu... mas só um pouquinho.